22 de abril de 2010

Iniciais minúsculas

Grafamos com iniciais minúsculas (caixa baixa – cb) nos seguintes casos:

a) Nomes nobiliárquicos: rei, duque, barão, visconde, dom etc.

b) Dignitários: cavaleiro, comendador, mestre etc.

c) Nas formas de tratamento corrente: você, senhor, dona, sinhá, seu, dona. Mas, em caso de demonstração de eminência, usa-se maiúscula: Vossa Alteza, Sua Santidade, Vossa Senhoria etc.

d) Títulos profissionais: reitor, bacharel, doutor, professor etc.

e) Títulos políticos: presidente, ministro, vereador etc.

f) Título eclesiástico: papa, padre, frei etc. Mas, há nomes consagrados e formas de tratamento que constituem exceção à regra: Frei Caneca, Padre Cícero, Dom João IV, Santo Antônio etc.

g) Doutrinas, correntes e escolas do pensamento, religiões: catolicismo, romantismo, liberalismo, positivismo, realismo, romantismo, espíritas etc.

h) Nomes gentílicos de povos e de grupos étnicos: paulistas, franceses, xavantes etc.

i) Pontos cardeais, quando designam direção, limite ou situação geográfica (exceto regiões): norte, sul, leste, oeste, sudeste, noroeste. Mas, região Norte, região Sudeste etc.

j) Nomes dos meses, dias da semana e estações do ano: janeiro, terça-feira, inverno. Mas, intitulando logradouros públicos, os nomes dos meses são escritos com maiúsculas: avenida 23 de Maio, rua 25 de Março.

k) Nomes de divisões político-administrativas: província, estado, município. Mas, Estado (com maiúscula), referindo-se ao poder político de uma nação ou à nação política organizada.

l) Nomes de documentos oficiais: lei, alvará, portaria, emenda etc.; bem como suas subdivisões: capítulo, artigo, parágrafo, alínea, inciso etc. Mas, quando o nome do documento não segue um número (lei nº 5.765), mas um nome, deve-se escrevê-lo com letras maiúsculas: Lei de Imprensa, Lei Afonso Arinos.

Fonte: Revisão, o trabalho com textos
         O livro: manual de preparação e revisão

Nenhum comentário: