12 de julho de 2012

As funções do "onde"



A palavra “onde” é bem antiga, desde o século XIII (do latim unde) e apresenta diversas funções dentro de uma oração, mas sempre mantendo seu significado: “em que lugar”.

A princípio, ele era um advérbio, mas, com as mudanças da língua portuguesa com o passar do tempo, hoje podemos usar “onde” também como pronome e conjunção.

Veja abaixo as funções do “onde” em nossa língua:

a) Como advérbio interrogativo:
Onde você esteve ontem à noite?
Queria saber onde você esteve esta tarde.

b) Como pronome relativo, referindo-se a um lugar fixo:
O país onde estive é bem desenvolvido.
A casa onde meus bisavôs viviam foi demolida.

c) Como conjunção integrante em orações subordinadas substantivas, fazendo uma relação entre orações: Não sabia onde seria a palestra.
A professora disse onde seriam realizadas as provas finais.

Nenhum comentário: