28 de maio de 2012

Mudaram o gênero de entrada e saída



Todos os dias, vou ao Terminal Parque D. Pedro II para pegar o meu ônibus e me dirigir ao trabalho. Hoje, ao ler uma advertência no terminal, descobri que as palavras “entrada” e “saída” são masculinas. Vejam o que eu li:

Proibido a entrada e saida de pedestre

Com essa frase, é possível dar uma aula sobre o uso do verbo no particípio.

Para quem não sabe, os verbos no particípio, que é uma forma nominal, se apresentam como adjetivos em uma oração, devendo concordar em gênero e número com o sujeito. Com a frase acima na ordem direta (sujeito-verbo-complemento), fica nítido o erro de concordância:

A entrada e saída é proibido

A palavra “proibido” é o verbo “proibir” no particípio, devendo concordar com o sujeito composto “A entrada e saída” que já estão no feminino, variando também em número. Vejam como ficaria a oração com o verbo escrito corretamente:

A entrada e a saída são proibidas – Proibidas a entrada e a saída de pedestre

Porém há uma outra regra de concordância nominal: se as palavra “entrada” e “saída” não apresentarem um artigo, ou uma palavra que determine o gênero delas, não há variação de gênero. Mas deve haver concordância de número nessa oração, pois o sujeito é composto:

Entrada e saída de pedestre são proibidos - Proibidos entrada e saída de pedestre

Observação. A advertência do terminal apresenta a palavra “saída” sem acento tônico. Pela regra, o “i” sozinho em uma sílaba, seguido ou não de “s”, leva acento.

Nenhum comentário: