13 de maio de 2010

Qual é o correto?

Lendo uma reportagem na Revista Língua Portuguesa, deparei-me com o seguinte texto.
A Copa do Mundo tem feito muito marmanjo torcer a pleno pulmão pelo hexa. Seja qual for o desempenho da seleção brasileira, no entanto, o mundial tem exposto - de forma indireta, é verdade - o descompasso do brasileiro com sua própria ortografia. Afinal, "hexa" é a versão gráfica da forma acústica /eza/, a mesma forma deslizante de enunciar a letra x de termos como "exame". Palavras iniciadas com e ou h + um som de /z/ + vogal, são escritas com x, daí "exumar", "hexágono", "exímio" etc. Mas no Brasil, a TV, o rádio e a publicidade têm consagrado "hexa" com a pronúncia bem mais rascante /heksa/, à maneira de quem diz "fixo".
Curiosa, consultei meu Vocabulário Ortográfico e verifiquei que neste prefixo "hexa", aceitam-se duas formas de pronúncias /cs/ ou /z/. Portanto, podemos dizer /hecsacampeão/ ou /hezacampeão/ sem medo de ser feliz. E também podemos dizer /hecsagonal/ e /hezagonal/; /hecságono/ e /hezágono/ etc.

Nenhum comentário: