14 de maio de 2010

De onde vêm as palavras (9): Dar nó

As origens desta frase provêm de Portugal e da Índia.

Em Portugual, dar um nó era casar. E, como os vínculos do matrimônio católico, além de indissolúveis, eram e são perpétuos, quando se dizia que alguém tinha dado um nó se indicava que se havia casado. Na Índia, o nó era explícito, pois se costumava dar nó nas caudas das roupas da noiva e do noivo.

Passou depois a indicar situação complicada, mas ainda como casar aparece em As variedades de Proteu, de Antônio da Silva, o Judeu:
"E antes te aperte o nó do Himeneu
do que na garganta te aperte outro nó."

Fonte: De onde vêm as palavras II

Nenhum comentário: